HP Application Lifecycle Management 11.52 - Leaime

Versão do software: 11.52

Data de publicação: Maio de 2013

Este arquivo fornece informações sobre o HP Application Lifecycle Management (ALM) 11.52:

Para obter informações detalhadas sobre o ALM, consulte o conjunto de documentações. Para acessar a Biblioteca de Documentação do ALM na janela principal do ALM, escolha Ajuda > Biblioteca de Documentação.

Observação: a documentação para extensões do ALM está disponível em: https://hpln.hp.com/group/application-lifecycle-management.

Documentação

A primeira página deste documento contém as seguintes informações de identificação:

Para conferir atualizações recentes ou verificar se você está usando a edição mais recente, visite esta URL: Manuais de Produtos da HP Software

Para recuperar um documento, selecione:

  1. Nome do Produto.
  2. Lista de Versões.
  3. Sistema Operacional.
  4. Idioma preferencial.
  5. Título do documento.
  6. Clique em Open ou Download.

É necessário ter o Adobe Reader instalado para visualizar arquivos em formato PDF (*.pdf). Para baixar o Adobe Reader, visite o site da Adobe.

Novidades

Uma lista dos novos recursos no ALM 11.52 está disponível em Novidades no HP Application Lifecycle Management: http://update.external.hp.com/qualitycenter_ptb/alm115/WhatsNew_Addins_Movies/index.html?StartTabIndex=0.

Instruções de instalação e requisitos do sistema

Para obter instruções de instalação, consulte o Guia de Instalação e Upgrade do HP Application Lifecycle Management e o Guia de Instalação do HP ALM Performance Center. Esses guias estão localizados nos DVDs de instalação.

Esta seção descreve as configurações de sistema necessárias para instalar o HP Application Lifecycle Management (ALM) em um computador servidor e o ALM em computadores clientes. Ela também inclui requisitos de sistema para o Servidor e os componentes do Performance Center.

Importante: as informações sobre ambientes com suporte são precisas para a versão do ALM 11.52, mas pode haver atualizações para patches do ALM 11.00. Para conhecer os ambientes com suporte mais atualizados, consulte o site da HP Software através da seguinte URL: http://support.openview.hp.com/sc/support_matrices.jsp.

Esta seção inclui:

Requisitos de sistema do servidor do ALM

Esta seção inclui configurações de software recomendadas e com suporte para o ALM.

Os links da documentação do ALM para informações sobre requisitos de servidor estão desatualizados. O novo local é: http://support.openview.hp.com/sc/support_matrices.jsp.

A partir do ALM 11.50, o servidor de aplicativos faz parte da funcionalidade central do ALM. O ALM não é mais hospedado por um servidor de aplicativos de terceiros.

Ao configurar o computador servidor do ALM, considere o seguinte:

Requisitos de hardware do servidor do ALM

A tabela a seguir inclui requisitos de hardware para a instalação do ALM em um computador servidor.

Processador
Windows: Quad Core AMD 64 bits
Linux: Quad Core AMD 64 bits ou processador equivalente compatível com x86
Memória (RAM)
Mínimo: 8 GB
Espaço Disponível no Disco Rígido
Mínimo: 8 GB


Configurações recomendadas para o servidor do ALM

A tabela a seguir inclui configurações recomendadas para cada sistema operacional.

Sistema Operacional
Servidor de Banco de Dados
Servidor Web
Windows Server 2008 R2 (SP1) 64 bits
SQL 2008 R2 (SP1)
IIS 7.5
Linux Red Hat 6.2
64 bits
Oracle 11.2.0.3
Apache 2.2


Configurações com suporte para o servidor do ALM

Os aplicativos a seguir têm suporte para a instalação do ALM em um computador servidor. É possível usar qualquer combinação desses aplicativos. Para garantir o melhor desempenho e rápidas resoluções de suporte, sugerimos o uso dos ambientes recomendados, descritos na seção anterior acima, Configurações recomendadas para o servidor do ALM.

Sistemas operacionais
Windows Server 2008 (SP2) 32 bits ou 64 bits
Windows Server 2008 R2 (SP1) 64 bits (recomendado)
Sun Solaris 10 64 bits Sparc
Linux Red Hat 6.2 (recomendado) e 6.3
Linux SUSE 11 64 bits
Observações:
  • É altamente recomendado que o ALM seja implantado apenas em sistemas de 64 bits de ambientes de produção Windows.
  • Edições localizadas do ALM apenas têm suporte em sistemas operacionais Windows.
  • As versões do Oracle Enterprise Linux têm suporte desde que sejam compatíveis com as versões do Red Hat Linux com suporte.
Servidores de banco de dados
Oracle 11.2.0.3 (recomendado) ou 10.2.0.5
Microsoft SQL 2008 R2 SP1 (recomendado) ou SP2
Microsoft SQL 2005 (SP4)
Servidores Web
Apache 2.2 (recomendado)
IIS 7 ou 7.5
Observação: se você estiver usando a extensão de Gerenciamento de Laboratório, consulte a limitação em Gerenciamento de Laboratório/Execução no lado do servidor.


Requisitos de sistema do cliente do ALM

Esta seção descreve os requisitos de sistema cliente para instalar o ALM em computadores clientes.

Processador
Dual Core 1.6 Ghz (ou mais veloz) ou compatível
Memória (RAM)
Mínima: 2 GB
Espaço Disponível no Disco Rígido
Mínima: 2 GB
Sistema Operacional
  • Windows 7 (SP1) 32 (recomendado) ou (SP1) 64 bits
  • Windows XP (SP3) 32 bits
  • Windows Server 2008 R2 (SP1) 64 bits
  • Windows Server 2008 (SP2) 64 ou 32 bits
  • Suporte a Windows 8 limita-se aos cenários a seguir:
    • No host com Windows 8, é possível executar ou editar testes do UFT, BPT ou LoadRunner armazenados no ALM.
    • Se o mecanismo de automação de um teste automatizado residir em um computador com Windows 8, é possível realizar o teste acessando o cliente ALM de um host com um sistema operacional com suporte total.
Notas de DCOM:
  • Se você estiver integrando o ALM com outras ferramentas de testes da HP, deverá modificar as permissões DCOM no computador cliente. Para obter mais informações, consulte o artigo KM187086 da base de dados de autoatendimento da HP Software.
  • O DCOM não é necessário para a execução de conjuntos de testes funcionais (execução no lado do servidor). Conjuntos de testes funcionais estão disponíveis apenas no ALM Edition.
Navegador
Microsoft Internet Explorer 8 ou 9
Observação: para usuários cujo navegador tenha restrições de plug-ins, como ActiveX, o ALM pode ser carregado no Suplemento HP ALM Explorer. Para obter mais informações sobre o download e a instalação desse suplemento, consulte o Guia de Instalação e Upgrade do HP Application Lifecycle Management.
Pré-requisitos
  • Visual C++ 2005 SP1 ATL Security Update Redistributable
  • Microsoft .NET Framework 4
  • Microsoft Office 2010 (recomendado) ou 2007
  • Virtualização: Citrix XenApp; Microsoft Terminal Services
Observação: o ALM só foi testado em uma versão (geralmente a mais recente) do produto de virtualização. Outros ambientes virtuais têm suporte na medida em que o fornecedor de virtualização alegar compatibilidade total entre o ambiente físico e o ambiente virtual.


Requisitos de Sistema do HP ALM Lab Service para a Execução de Testes Remotos

Esta seção descreve os requisitos de sistema para a instalação do HP ALM Lab Service para a execução de testes remotos.

Processador
Tipo de CPU: Intel Core, Pentium, AMD ou compatível
Velocidade:2 GHz ou superior (recomendado), 1 GHz (mínimo)
Memória (RAM)
Mínima: 1 GB
Observação: As necessidades de memória dependem do número de suplementos.
Espaço Disponível no Disco Rígido
Mínima: 1 GB
Observação:Você também deve ter 120 MB adicionais de espaço livre no disco do sistema.
Sistema Operacional
Windows XP (SP2\SP3) 32 ou 64 bits
Windows 2003 (SP2) 32 ou 64 bits
Windows 2003 R2 32 ou 64 bits
Windows Vista (SP2) 32 ou 64 bits
Windows Server 2008 (SP2) 64 ou 32 bits
Windows Server 2008 R2 (SP1) 64 bits
Windows 7 (SP1) 32 ou 64 bits
Windows 8 32 ou 64 bits
Sistemas Operacionais com Suporte para Logon Automático
Windows XP 32 bits
Windows 7 (SP1) 32 ou 64 bits
Windows Server 2008 R2 (SP1) 64 bits


Requisitos de Sistema do HP ALM Performance Center

Esta seção descreve os requisitos de sistema para instalar o ALM para Performance Center e os componentes do Performance Center.

Configurações do Servidor do Performance Center

Esta seção descreve os requisitos de sistema para instalar um Servidor do Performance Center.

Processador
Tipo de CPU: Intel Core, Pentium, Xeon, AMD ou compatível
Velocidade: 2 GHz ou superior (recomendado), 1 GHz (mínimo).
Memória (RAM)
Mínima: 4GB
Espaço Disponível no Disco Rígido
Mínimo: 5 GB
Resolução de Tela
Mínima: 1024 x 768
Sistema Operacional
Windows Server 2008 R2 (SP1) 64 bits (recomendado)
Windows Server 2008 (SP2) 32 bits
Windows Server 2008 (SP2) 64 bits
Navegador
Microsoft Internet Explorer 8 ou 9
Servidor Web
IIS 7 ou 7.5


Configurações recomendadas do ALM e do Performance Center

A tabela a seguir descreve a configuração recomendada para componentes de servidor do Performance Center. Essa configuração deve ser usada junto com as configurações recomendadas acima para o servidor do ALM. Para obter mais informações, consulte Configurações recomendadas para o servidor do ALM.

Sistema Operacional do Servidor do Performance Center
Windows 2008 R2 (SP1) 64 bits
Sistema Operacional do Host
Windows 2008 R2 (SP1) 64 bits


Configurações de Hosts e Geradores de Carga Autônomos no Windows

Esta seção descreve os requisitos de sistema para instalar um Host do Performance Center e um Gerador de Carga autônomo no Windows.

Processador
Tipo de CPU: Intel Core, Pentium, Xeon, AMD ou compatível
Velocidade: 1 GHz (mínimo). 2 GHz ou superior (recomendado)
Observação para processadores Pentium: não há suporte para a tecnologia Intel Hyper-Threading. É possível desabilitar o Hyper-Threading no BIOS. Para obter mais informações, consulte: http://www.intel.com/support/processors/pentium4/sb/CS-017371.htm
Memória (RAM)
Mínima: 1 GB
Recomendada: 4 GB ou mais
Espaço Disponível no Disco Rígido
Mínimo: 4 GB
Resolução de Tela
Mínima: 1024 x 768
Sistema Operacional
  • Windows XP Professional SP3 32 bits
  • Windows Server 2003 R2 32 bits
  • Windows Server 2008 Standard Edition/Enterprise SP2 32 e 64 bits
  • Windows Server 2008 R2 64 bits
  • Windows 7 SP1 32 e 64 bits
  • Windows 8 32 e 64 bits
Navegador
Microsoft Internet Explorer 7, 8, 9 e 10


Configurações de Geradores de Carga Autônomos no Linux

Esta seção descreve os sistemas operacionais com suporte e os tipos de CPU para instalar um Gerador de Carga autônomo em sistemas Linux.

Processador
Tipo de CPU: Intel Core, Pentium, Xeon, AMD ou compatível
Sistema Operacional
Red Hat Linux Enterprise Linux 5.x ou 6.x
Oracle Enterprise Linux 6.x (RH Kernel) de 64 bits
Observação: as versões do Oracle Enterprise Linux têm suporte desde que sejam compatíveis com as versões do Red Hat Linux com suporte.


Configurações para o VuGen autônomo e para o Analysis autônomo

Esta seção descreve os requisitos de sistema para instalar o VuGen autônomo e o Analysis autônomo.

Processador
Tipo de CPU: Intel Core, Pentium, Xeon, AMD ou compatível
Velocidade: 2 GHz ou superior (recomendado), 1 GHz (mínimo).
Memória (RAM)
Recomendado: 4 GB ou mais
Mínima: 2 GB
Espaço Disponível no Disco Rígido
Mínima: 2 GB
Resolução de Tela
Mínima: 1024 x 768
Sistema Operacional
Windows XP (SP3) 32 bits
Windows 7 (SP1) 32 e 64 bits
Windows Server 2008 (SP2) 64 e 32 bits
Windows Server 2008 R2 (SP1) 64 bits
Windows Server 2003 R2 32 bits Standard/Enterprise Editions
Windows 8 32 e 64 bits
Navegador
Microsoft Internet Explorer 8 ou 9


Requisitos de Sistema para a Escuta MI

A tabela a seguir descreve os requisitos de sistema para a Escuta MI.

Processador
Tipo de CPU: Intel Core, Pentium, Xeon, AMD ou compatível
Velocidade: 2 GHz (mínima), 4 GHz ou mais veloz (recomendada)
Memória (RAM)
Mínima: 2 GB
Observação: as necessidades de memória dependem do número de Geradores de Carga e Controladores conectados à Escuta MI.
Sistema Operacional
Windows XP Professional (SP3) 32 bits
Windows Server 2003 R2 32 bits
Windows Server 2008 Standard Edition/Enterprise (SP2) 32 e 64 bits
Windows Server 2008 R2 (SP1) 64 bits
Windows 7 (SP1) 32 e 64 bits
Windows 8 32 e 64 bits


Configurações para o VMware ESX

O ALM pode ser implantado em um Servidor VMware ESX. As configurações de sistema de cada máquina virtual são idênticas às configurações de sistema para o servidor do ALM.

Observação: o ALM só foi testado nas versões mais recentes dos produtos de virtualização. Outros ambientes virtuais têm suporte na medida em que o fornecedor de virtualização alegar compatibilidade total entre o ambiente físico e o ambiente virtual.

Observações e limitações

Instalação do ALM

Instalação do cliente do ALM

Upgrade de projetos

Documentação

Administração do Site

Personalização de Projetos

Personalização entre Projetos

Geral

Controle de Versão

Módulo Releases

Módulo Releases - Planejamento e Rastreamento de Projetos

Módulo Bibliotecas

Módulo Requisitos

Gerenciamento da Qualidade com Base em Riscos

Módulo Modelos de Negócios

Módulo Plano de Testes

Módulo Recursos de Teste

Módulo Laboratório de Testes

Gerenciamento de Laboratório/Execução no Lado do Servidor

Pesquisa de Texto

Módulo Defeitos

Módulo Painel

Gerador de Documentos

Integrações

Arquitetura de Teste Aberta/API e Fluxo de Trabalho

Compatibilidade de fluxos de trabalho com versões anteriores

Os problemas descritos a seguir estão relacionados a eventos, ações e objetos de fluxo de trabalho que foram alterados. Quando necessário, são fornecidas instruções de modificação dos scripts existentes para fins de compatibilidade com versões anteriores.

Business Process Testing

Os problemas descritos a seguir estão relacionados ao trabalho com componentes de negócios, fluxos e testes de processos de negócios no ALM. Para obter informações sobre problemas relacionados ao trabalho com componentes de negócios no QuickTest, consulte o arquivo Leiame do produto relevante.

Solução alternativa: depois de automatizar os componentes, capture e reimporte uma nova referência em uma nova biblioteca.

Observações e limitações adicionais - Performance Center

Observação: O HP ALM Performance Center 11.51 Enablement Pack foi lançado como pacote de integração privada.

Instalação do Performance Center

Instalação do Gerador de Carga

Instalação do LoadRunner

Migração

Design de Testes de Desempenho

Execução de Testes de Desempenho

ANSs (Acordos de Nível de Serviço)

Virtualização de rede com Shunra NV

Executando Scripts de UsuáriosV

Perfis de Monitor

Monitoramento Online

Dados do HP Diagnostics

Definição de Tendências de Desempenho

Hosts

Canais Seguros

Geral

VuGen

  1. Abra o arquivo \PCWEB\Scripts\web.config no computador PCS.
  2. Atualize o valor maxRequestLength (em quilobytes), localizado na seção httpRuntime. Valor máximo: 2 GB.
  3. Atualize o valor de maxAllowedContentLength (em Bytes), localizado na seção requestFiltering\requestLimits. Valor máximo: 2 GB.
  4. Redefina o IIS.
  5. Para atualizar o tempo limite:

  6. Abra o arquivo \PCWEB\Scripts\web.config no computador PCS. Atualize o valor de executionTimeout (em segundos), localizado na seção httpRuntime.
  7. Abra o arquivo \dat\LTWCF.config no computador PCS. Atualize o valor de sendTimeout (em minutos), localizado na seção <binding name=" wsHttpCommon">.
  8. Redefina o IIS.

Controlador

A seção a seguir lista as limitações para o controlador.

Geral
Geradores de Carga
Máquina Virtual
Diagnóstico para J2EE/Requisitos de .NET
Considerações sobre o Firewall do Windows

Protocolos

A seção a seguir lista as limitações de protocolos específicos.

Protocolo .NET
AJAX - Protocolo Click e Script
Protocolo Citrix ICA
Protocolos da família Click e Script
Protocolo COM/DCOM
Protocolp DNS
Protocolo Flex
GraniteDS (Serviços de Dados)
Ajustado manualmente etapas Flex RTMP gravadas

Quando a opção Gerar etapa flex_rtmp_receive_stream estiver desmarcada no painel Flex > RTMP da caixa de diálogo Opções de Gravação, o LoadRunner gerará etapas flex_rtmp_receive e flex_rtmp_send para cada comunicação com o servidor. Isso garante que as ações do usuário, como pausa e busca, e também solicitações automáticas que o cliente realiza quando a opção Fluxo Dinâmico está em uso, sejam incluídas no script, mas esse método também captura linhas de código menos necessárias que são difíceis de ler e que podem não ser confiáveis durante a reprodução.

Se você optar por desmarcar a opção Gerar etapa flex_rtmp_receive_stream para capturar dados do usuário, siga as instruções abaixo para remover as etapas desnecessárias do seu script.

  1. Procure a etapa flex_rtmp_send que contém o argumento de reprodução inicial. Por exemplo:
  2. flex_rtmp_send("send_step2",

    "ConnectionID=10",

    "Snapshot=tRTMP6.inf",

    MESSAGE,

    ...

    MESSAGE,

    ...

    "Argument=<arguments><string>play</string><number>0</number><null/>"

    ...

    LAST);



  3. Exclua ou remova o comentário das etapas flex_rtmp_receive que ocorrerem durante o processo de streaming. Por exemplo:
  4. //this is the start of the stream:

    // flex_rtmp_receive("recv_step2",

    // "ConnectionID=10",

    // "Snapshot=tRTMP7.inf",

    // CHANNEL,

    // "ChunkStreamID=2",

    // CHANNEL,

    // "ChunkStreamID=2",

    // CHANNEL,

    // "ChunkStreamID=4",

    // CHANNEL,

    // "ChunkStreamID=2",

    // LAST);

    //

    // flex_rtmp_receive("recv_step3",

    // "ConnectionID=10",

    // "Snapshot=tRTMP8.inf",

    // CHANNEL,

    // "ChunkStreamID=5",

    // CHANNEL,

    // ...



  5. Você também pode remover certas etapas flex_rtmp_send que não estão relacionadas a ações do usuário, como tipos de "mensagens de controle de usuário". Por exemplo:
  6. // flex_rtmp_send("send_step3",

    // "ConnectionID=10",

    // "Snapshot=tRTMP9.inf",

    // MESSAGE,

    // "DataType=user control message",

    // "EventType=set buffer length",

    // "MessageStreamID=1",

    // "BufferLength=100",

    // LAST);



  7. Quando você localizar uma etapa flex_rtmp_send que representa uma ação de usuário que deseja manter no seu script, faça o seguinte:
  8. Adicione manualmente uma etapa flex_rtmp_receive_stream antes da etapa de send.
  9. Certifique-se de que o argumento ConnectionID tenha o mesmo valor das etapas que você removeu acima dele.
  10. O argumento Snapshot não é relevante para a etapa manualmente adicionada.
  11. Você pode usar o argumento ContinueToNexStepAfter = <msec> para controlar a duração mínima da reprodução do fluxo a ser baixado antes de continuar com a etapa seguinte.
  12. Determine as etapas flex_rtmp_send que representam as ações de usuário que você deseja manter. Elas provavelmente incluirão argumentos como pauseRaw, pause, seek e play2 (para Fluxo Dinâmico). Por exemplo:
  13. flex_rtmp_send("send_step5",

    "ConnectionID=10",

    "Snapshot=tRTMP62.inf",

    MESSAGE,

    "DataType=command message amf3",

    "ChunkStreamID=8",

    "MessageStreamID=1",

    "Argument=<arguments><string>pauseRaw</string><number>0</number><null/>"

    "<boolean>true</boolean><number>12000</number></arguments>",

    LAST);



  14. Determine se existem etapas flex_rtmp_send adicionais que você pode remover. Por exemplo, se você tiver arrastado um botão para busca no fluxo, oscilações sutis no movimento poderão ser registradas como ações de busca e pausa separadas. Nesses casos, talvez nem todas sejam necessárias. Mantenha apenas aquelas que descrevem as operações desejadas.
  15. Identifique a etapa flex_rtmp_receive que indica que o servidor recebeu o final da ação do usuário. Por exemplo:
  16. //this is the confirmation from the server on the "seek" command.

    flex_rtmp_receive("recv_step55",

    "ConnectionID=10",

    "Snapshot=tRTMP68.inf",

    CHANNEL,

    "ChunkStreamID=2",

    CHANNEL,

    "ChunkStreamID=2",

    LAST);



Repita as etapas 2 a 4 para cada conjunto de dados de recebimento desnecessários e ações de usuário necessárias no seu script.

Protocolos Java
Protocolo LDAP (Serviço de Diretório de Listagem)
Protocolo MMS (Media Player)
Aplicativo móvel - Protocolo HTTP/HTML
Protocolo RDP (Protocolo Área de Trabalho Remota)
SAP - Protocolo Click e Script
Protocolo SAP GUI
Protocolo Silverlight
Protocolos TruClient Ajax
Protocolo TruClient AJax - IE
Protocolo TruClient AJax para Firefox
Web - Protocolo HTTP/HTML
Web - Protocolo Click e Script
Protocolo de Serviços Web
Protocolo Windows Sockets
Protocolo SDK

Windows 8

Suporte Assíncrono

Em todos os protocolos que oferecem suporte a sessões assíncronas, a gravação só se aplica a etapas web_*.

IPv6

O suporte para IPv6 está disponível para os protocolos exibidos na tabela acima. O suporte para o protocolo Web HTTP possui as seguintes limitações:

Gravação em 64 bits

Em geral, aplicativos de 64 bits a partir de uma versão de cliente de 32 bits devem funcionar de forma idêntica ao cliente de 32 bits. Há um pequeno risco de que novos clientes usarão a potência de aplicativos nativos de 64 bits. Por exemplo, ao usar tipos longos de 64 bits para Identificadores em tabelas de BD, o valor do identificador será recortado, e a consulta irá falhar.

As seguintes diretrizes se aplicam:

A seguinte tabela mostra o suporte para o protocolo para gravação Assíncrona, IPv6 e de 64 bits:

Protocolo
Assíncrono
IPv6
Gravação em 64 bits
.NET
Não
Não
Sim
Citrix ICA
Não
Sim
Não
DNS
Não
Sim
Não
Flex AMF
Sim
Sim
Não
Flex RMTP
Não
Não
Não
FTP
Não
Sim
Não
IMAP
Não
Sim
Não
Java via HTTP
Não
Sim
Sim
LDAP
Não
Não
Sim
HTTP/HTML para aplicativos móveis
Não
Sim
Não
Windows Sockets (multiprotocolo)
Não
Sim
Sim
Oracle 2-Tier
Não
Não
Sim
Oracle NCA
Não
Sim
Sim
POP3
Não
Sim
Não
RDP
Não
Sim
Sim
SAP – Web
Não
Não
Sim
Siebel - Web
Não
Não
Sim
Silverlight
Não
Sim
Não
SMTP
Não
Sim
Não
TruClient Ajax - FireFox
Não
Sim
Não
TruClient Ajax - IE
Não
Sim
Não
TruClient Ajax - Móvel
Não
Sim
Não
Família Click e Script (Ajax, SAP, Web)
Não
Sim
Não
Web - HTTP/HTML
Sim
Sim
Sim
Serviços Web
Sim
Sim
Sim


UsuáriosV de GUI

Analysis

Para migrar dados legados do Analysis para um servidor SQL 2005:

  1. No SQL Server Management Studio, usando o Explorador de Objetos, conecte-se a uma instância do Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server.
  2. Expanda Bancos de Dados, clique com o botão direito do mouse no banco de dados do Analysis e selecione Tarefas\Copiar Banco de Dados.
  3. Siga as instruções no assistente.

Para fazer upgrade do SQL 2000 para o SQL 2005:

  1. Faça backup do banco de dados do Analysis no SQL 2000 (http://msdn.microsoft.com/en-us/library/cc966495.aspx)
  2. Desinstale o SQL 2000.
  3. Instale o SQL 2005.
  4. Restaure os dados do Analysis a partir do backup. (http://msdn.microsoft.com/en-us/library/ms177429(SQL.90).aspx).

Integrações

Esta seção oferece informações de integração sobre:

Suporte a DFE (Extensão de Formato de Dados)
QuickTest Professional
HP Service Virtualization
SiteScope

Suporte Multilíngue

Esta seção inclui os seguintes tópicos:

Limitações de internacionalização

Limitações de localização

Pacotes de idiomas do LoadRunner

LoadRunner sem localização em sistemas operacionais de línguas estrangeiras

Suporte da HP Software

Visite o site de suporte da HP Software em:

www.hp.com/go/hpsoftwaresupport

Esse site fornece informações de contato e detalhes sobre os produtos, os serviços e o suporte oferecidos pela HP Software. Para obter mais informações, visite o site de Suporte da HP em: Suporte da HP Software Online.

O suporte da HP Software proporciona recursos que os clientes podem usar para solucionar problemas por conta própria. Ele fornece uma maneira rápida e eficiente de acessar ferramentas interativas de suporte técnico que são necessárias para a administração dos negócios. Como nosso cliente, você pode obter vários benefícios ao navegar pelo site para:

Para acessar a base de dados de autoatendimento, visite a página inicial de pesquisa de dados de autoatendimento.

Observação: a maioria das áreas de suporte exige registro como usuário do HP Passport e acesso a esse sistema. Muitas delas também exigem um contrato de suporte ativo. Para obter mais informações sobre níveis de acesso de suporte, visite: Níveis de acesso.

Para se registrar e obter uma ID do HP Passport, visite: Registro no HP Passport.

Avisos legais

© Copyright 1992 - 2013 Hewlett-Packard Development Company, L.P.

Software de computador confidencial. Uma licença válida da HP é necessária para posse, utilização ou cópia. Em consonância com a FAR 12.211 e 12.212, o Software de Computador Comercial, a Documentação de Software de Computador e os Dados Técnicos para Itens Comerciais estão licenciados para o Governo Norte-americano, sujeitos à licença comercial padrão do fornecedor.

As únicas garantias para produtos e serviços HP estão estipuladas nas declarações de garantia expressa que acompanham esses produtos e serviços. Nenhum conteúdo deste documento deve ser interpretado como parte de uma garantia adicional. A HP não se responsabiliza por erros técnicos ou editoriais ou por omissões presentes neste documento.

As informações contidas neste documento estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

 

Para obter informações sobre acordos de licença de código aberto e/ou de terceiros, consulte o diretório Licenses, na mídia de instalação do produto.

Adobe® e Acrobat® são marcas comerciais da Adobe Systems Incorporated.

Microsoft®, Windows® e Windows® XP são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA.

Oracle e Java são marcas registradas da Oracle e/ou de suas afiliadas.

Unix® é marca registrada do The Open Group.


© Copyright 2013 Hewlett-Packard Development Company, L.P.